CAFÉ DE MAMÃE loucinha

CAFÉ DE MAMÃE

Olá, este é um espaço reservado para todas as mamães que buscam respostas para suas dúvidas, mamães que querem compartilhar experiências e mulheres que estão pensando em ser mães. Aqui falaremos sobre a vida da mulher na gestação, após ganhar neném, como conciliar a vida de mãe, mulher, dona de casa e a diferença na sua vida social. Espero que gostem!

Postagem em destaque

Parar de Amamentar

Olá, Hoje vamos conversar sobre deixar de amamentar nossos pequeninos. Em primeiro lugar, vou começar dizendo que, mamães, não deixe...

segunda-feira, 13 de março de 2017

Hora do parto!

Estava lembrando aqui da hora em que tive meu filho, na hora em que fui p hospital... então, resolvi compartilhar com vocês como foi a hora do parto...
Há três anos atrás (completando esse mês mesmo), estava muito cansada, num baita calor, deitada na sala da minha mãe - já estava de licença no trabalho há mais ou menos um mês - uma fadiiiiiga... não via a hora de ganhar logo meu pequeno e voltar a ter vigor físico. Então fui ao banheiro fazer xixi, mas quando abri a porta do banheiro... começou a escorrer um líquido que eu já percebi que não era xixi e sim o líquido da bolsa... Nossa... Primeiro filho (e único até então), chamei minha mãe... que já me confirmou e então com muita calma, já que ela já havia tido quatro filhas, ela me disse para ficar calma, tomar banho, lavar a cabeça pq se fosse cesária eu não ia poder lavá-la tão cedo e enquanto isso ela ligaria para o pai do meu filho.
Fiz tudo isso e na boa... não senti dor nem contração alguma. Não sei como é uma contração!
Quando cheguei ao hospital, as enfermeiras já vieram com cadeira de rodas para eu sentar e eu disse que não precisava, eu estava bem, e depois do banho estava com um vigor legal, até por causa da expectativa...
Eu estava com gripe, nariz entupido, e com medo do meu neném já pegar minha gripe ao nascer ou já nascer gripado. 
Entrei na sala p tomar soro e fazer o cardiotoco (exame do coraçãozinho do bebê). O médico plantonista constatou que o coraçãozinho dele estava bem acelerado e disse que ia ter que fazer uma cesária antes da hora - tinha que estar oito horas de jejum e isso se daria lá pelas cinco horas da manhã. Eu perguntei ao médico: _Doutor, mas não terá problema fazer o parto agora? Não estou de jejum. E ele me respondeu friamente: _Eu preciso de um bebê saudável!!
!!
!!!!!!!!!!
Muitas coisas passaram na minha cabeça inclusive que se ele falou isso é pq provavelmente se esperasse meu filho corria risco de vida e se fizesse na hora eu corria risco de vida. Não tive coragem de perguntar e ouvir a resposta, mas tinha certeza de uma coisa. Eu também precisava do meu bebê saudável. Então,que a vontade do Meu Deus fosse feita. Fui com medo para a sala, mas ao mesmo tempo tranquila. No fundo sabia que iríamos sair dali juntos, sãos e salvos.
Começou o parto e um mexe mexe... affs, de repente ouço meu pequeno chorar... mal podia esperar para vê-lo. A enfermeira me mostrou ele de longe e colocou ele enrolado num paninho em cima da balança... e deixou lá para terminar de ajudar a fechar minha barriga.. e eu olhando para ele direto, via que estava se mexendo bastante, fazendo assim, o pano abrir e ele ficava descoberto. Tava roxinho!! Que dó!! Vontade de levantar dali e ir cuidar do meu amorzinho. 
Quando resolveram levar meu bebê... Trouxeram pra perto de mim pra ver se eu queria dar um beijo, sei lá, mas dei um beijinho meio que com receio, pq eu estava com a gripe citada acima. Mas minha vontade era de puxar ele e já dar mamá, agarrar e nunca mais soltar.
Duas horas de recuperação pós anestésica e finalmente eu subia p o quarto.... EHHH, iria ficar com meu bebê (só que não). Meu bebê só chegou ao meu quarto de manhã e por pouquíssimo tempo...
No dia seguinte depois de o ver,achei que já podia andar, pq as enfermeiras diziam que tinha que andar bastante. Ficava andando com dor e as outras mãezinhas não estavam com tanta dor como eu. Descobri que para elas foi medicado remédio para gases e para dor. Eu só tomava o de dor, que não adiantava nada porque estava com gases e isso já era a dor da morte!
Fui me rastejando e chorando de dor até a recepção do meu andar para me medicarem e a surpresa: Não podiam me medicar pq o meu médico era plantonista e não tinha deixado prescrito esse remédio para mim. Mandaram eu esperar o próximo médico que também não não medicou e o outro só no outro dia. Esperei com muita dor. Não conseguia me mexer de dor. Então veio um médico pela manhã dando alta para as que tiveram cesárias e tinham feito fezes. E eu disse que já tinha feito, que estava bem e que não estava mais com dor. Que queria ir p casa com meu bebê que já estava de alta. Ele titubeou, mas me deu alta e fomos  pra casa. Poxa, muito melhor em casa com a família, minha mãe cuidando de mim do que sendo maltratada no hospital. Ainda podia estar junto com meu filho o tempo todo.
E foi assim, mas ainda estourou ponto, só que isso conto em uma próxima vez. 

Comentem os partos de vocês, vou adorar saber...
Bjs meninas. 

Roupinhas para Enxoval...Roupinhas

Chegamos à uma conversa que não temos como fugir depois do 7° mês.

Que tipo de Roupinhas devo comprar e quantas de cada?
Bom... Primeiro devemos levar em consideração se o mês do bebê nascer vai estar mais frio ou calor. Vou citar abaixo primeiro as roupinhas para calor e depois para frio:



Pagaozinho: Desde o primeiro dia de vida e já no hospital. Fácil de colocar. Mas sempre por baixo de alguma outra roupa, pois é muito fininho.
Necessário uns quatro conjuntos.



 
Pagãzinho: Esse, é a mesma coisa que o outro, porém, mais sofisticado e mais difícil de colocar também. Não aconselho até se acostumar a trocar o bebê. Rsrs
Uns dois. Não é necessário.




Body ou Bore de manga curta: Essencial no calor. Muito prático, pois podemos trocá-lo por cima ou por baixo. e ainda trocar so a fralda abrindo os botões embaixo. 
Ideal comprar umas seis peças. 

 Mijãozinho: No calor? Sim e no frio também, pois os bebês não sentem tanto calor como nós. Então o mijãozinho, é de tecido bem fininho e os deixam protegidos de sentirem algum frio ou ficar doente, mesmo no calor.
Desses, umas seis peças é o indicado, porém, eu prefiro umas dez pq sujam muito quando vaza o cocô, viu?!


 Meias: Elas também são muito usadas no calor, pois como disse, os bebês não sentem o calor que sentimos, e os pézinhos ficam geladinhos... Tadinhos!
Uns cinco pares de meia também.

Body ou Bore de manga comprida: Pode ser usada no calor também e no frio. Lembrando que no frio, não será essencial para suprir o frio do bebê.
Desses bodys, aconselho umas quatro peças só.







Macacãozinhos: Esses para um friozinho não tão forte, mas para usá-los em um friozão... será necessário colocar por dentro bodys ou pagãozinhos e meias.
Umas seis peças deve ser o suficiente.



Sapatinhos de lã ou pano: Necessários para o frio também... além de dar um ar mais chick para o bebê.
Uns três pares já está de bom tamanho.
Macacão de bichinho: Esses não são necessários, mas ficam lindos e deixam o bebê muito fofinhos... Extremamente para o friozão. 
Compre quantos tiver vontade.. Eu comprei um para meu bebê. De Leãozinhho e ficou lindooo!!


Toquinha, meias e sapatinhos: Esse conjuntinho é a melhor coisa a se comprar, pois já combinam e deixam o bebê quentinho. 
Uns dois ou três conjuntinhos desse.
Saco para bebê: Fica lindo com o bebê dentro, como saída de hospital e ainda nos dias mais quentes. Usei muito no meu filho e ainda guardo... Saudade dessa época!
Um só!

Bom, amigas... Tem muitas outras coisas a serem compradas para o enxoval do bebê, inclusive, fiz uma lista apenas com as compras para os primeiros meses do pequeno. Conforme for crescendo mais estilos de roupinhas vão entrando no seu guarda-roupas.
Fiz questão de colocar apenas as roupinhas para tirar a dúvidas das mamães, pq eu mesma, quando grávida, ouvi falar que umas quatro peças de cada e pronto, mas achava que precisava ao menos de umas dez peças de cada. Só que o que comprei pra mais, sobrou e tem coisas que nem usei. Já o que comprei pra menos... faltou... 

É isso aí... Lista de enxoval, em uma outra postagem eu passo a vocês. 
Boa sorte nas compras... 
S2

sábado, 11 de março de 2017

Dez Frases Que Não se Deve Dizer Às Crianças


Pois, é... Filhos aprontam, às veze provocam... Mas temos que ter discernimento e calma para não dizer coisas que vamos nos arrepender depois... Há algum tempo, errei muito em uma frase que falei ao meu filho, porém, consegui consertar mesmo não sendo nada fácil.Ele é do tipo de criança, que quer as coisas na hora e ponto final, mas quando ele começou com isso, eu acatei a vontade dele e disse: _ Tá bom, mas só hoje tá?!O que ele entendeu que era todos os dias... E eu ainda perdida no que dizia a ele... fazia as vontades dele para não o ver chorando, nem gritando. Esse confesso que foi meu pior erro com ele.Mas quando percebi o que estava acontecendo, e também ouvindo algumas pessoas da família, resolvi fazer diferente, resolvi me impor a ele. Dizer que não ia fazer o que queria e pronto! Ele tentava ainda chorar e eu continuava falando com ele. Dessa vez, para ele me ouvir, não foi necessário gritar, pois da forma que eu me impunha, ele entendia e aos poucos foi parando de tentar e foi brincar.Bom... resumindo, temos que ter todo um cuidado no que falamos para a criança, pois parecem bobinhas, mas... são muito mais espertas que nós, adultos. rsrr

                                             ☺
  1. Amanhã eu compro pra vc, ta?! Provavelmente quando disser essa frase, vai achar que a criança esquecerá, mas não!Ela não vai esquecer e ainda vai cobrar no dia seguinte.
  1. A injeção ou vacina não vai doer. Poxa, vc não gostaria de ser enganado assim, né?! Então... nem a criança, fica traumatizada.
  1. Que rabisco é esse? Ou então: Que desenho feio! Ninguém pode falar isso à uma criança, pois quando ela fez o "rabisco" foi achando que estava desenhando um carro, uma casa linda, entre outras coisas, até mesmo, a mamãe e o papai... Pra ela esse desenho é muito importante e merece ser enxergado como o melhor desenho do mundo e receber muitos elogios.
  1. Você é mijão ou cagão. Você ta gordo! Gente, nada disso, se fez xixi ou cocô na roupa, tem que conversar e explicar que está errado. É difícil, meu filho ainda faz cocô na roupa e de vez enquando xixi. Fico triste que ainda não consegui tirar de vez e que éstou achando bem difícil, mas não podemos chamar a criança desses adjetivos, porque isso também causa trauma na cabecinha deles. E qto às crianças acima do peso, não podemos também chamá-las de gordos, pois esses três adjetivos aqui citados, são bullings, e assim, estaremos fazendo o primeiro bulling c a criança. Se sofrer bulling na escola ou na rua, por coleguinhas da mesma idade já causa problemas psicológicos na criança, imagina ela sofrer bulling dentro da própria casa e por um adulto? Calma gente!!
  1. Não conta pro seu pai,tá?! Crianças não fazem por mal, mas muitas vezes só o fato de vc pedir para não contar algo, é entendido por elas que é para contar sim, ou mesmo, elas contam dizendo que não podem contar. Ex: Papai, a mamãe não manchou sua calça, viu?!
  1. Palavrões. Isso não precisa nem ser explicado né?! Não falem palavrões para uma criança. Jamais! Que exemplo seria esse?
  1. Se vc não parar, eu vou embora! Poxa, vc pode até resolver o problema de momento, mas pode estar provocando um problema muito pior que é o psicológico na criança. Ela começará a ter medos, principalmente de ficar sozinho e ainda pode começar a ser uma criança triste por achar que a mamãe não gosta mais dele,
  1.  Se vc fizer isso, vou te dar aquele presente que vc pediu. Bom isso é uma troca, mas acabará criando uma criança mercenária, e crescer fazendo as coisas apenas por algo em troca.
  1. Fulano é mais bonzinho que você. (Fulano é melhor que você). Isso pode transformar a criança em uma pessoa invejosa, ou também em uma pessoa que triste e que se sente um nada na vida. A pior pessoa do mundo que nem mesmo a mãe ou pai dele o preferem de outros. Cuidado com isso.
  1. Vou contar para o seu pai (achando que ela terá medo). É, realmente isso traz medo da criança pelo pai e pais não devem querer que a criança tenha medo deles e sim respeito. E dessa forma, pelo pai ele sentirá medo e pela mãe, não terá um pingo de respeito ou medo, pq pra ela impor respeito ou medo, precisa do pai para resolver a situação.
Então... é isso!! Se fossemos falar todas as frases que não podemos falar para a criança, ficariamos aqui ate o ano que vem. Mas acredito que essas dicas podem ajudar qualquer mamãe e papai. Qualquer dúvidas deixe um comentário e estaremos trocando figurinhas sobre nossos pequenos.Bjs e fiquem com Deus. Só Ele para nos ensinar perfeitamente como cuidar de nossos filhos.Até amanhã!!

Conciliar as Tarefas e Reservar um Tempo para os Pequenos!

Olá, Boa tarde, Meninas...
Faz um tempão que não posto nada, pois estava triste por meu blog não fazer sucesso, mas... essa semana pensando em porquê isso não deu certo, descobri que tudo se começa por baixo, e a escalada vai nos fortificar e depois olharemos e sorriremos de ter dado tudo certo. Quero ver esse blog bombar!!!!!!!!!!
Então, galera... Não é fácil conciliar todas as tarefas do dia-a-dia e ainda dar conta dos piquiticos, mas... é possível simplificar tudo!! Sim, simplificar e aproveitar o resto do tempo com o pequeno.
Para começar, vamos acordar cedo, né?! Assim já começamos ganhando um tempo. Assim que acordar, claro escovar os dentes, tomar banho, tomar café e cuidar do pequeno, pois ele tbm toma leite ou café, etc. Coloque-o para assistir um desenho ou brincar com algo que o distraia enqto vc coloca a casa no lugar, arrume as camas, varra o chão, passe um pano para manter tudo sempre limpinho para o bebê, Seria bem interessante se não tiver louça para lavar a não ser a do café da manhã. Lave-a e... bom... Tbm é interessante fazer feijão uma vez por semana e congelar em potinhos já temperado, um p cada dia. Arroz, ok, faça fresquinho todos os dias, mas já deixe para a janta. Para quem trabalha de dia, faça à noite e já deixe para o almoço pronto, e o mesmo digo para mistura.



Logo, estão almoçados ao meio dia, tudo tranquilo, sem muito esforço e uma "loucinha" chata para lavar, ideal que já lave após o almoço, pois assim evitamos a fadiga e engordar tanto, sendo assim, ganhamos mais tempo, já, já.
Agora sim, temos um tempão para cuidar do bebê, brincar com ele, dar atenção para todas as vezes que ele chamar: _ Mamãeeee!!
Isso é muito interessante, temos que ouvir o que as crianças têm a dizer, pois mesmo sabendo que na maioria das vezes são besteiras, pode ser algo grave ou algo que mesmo bobo, possa ajudá-lo a ser um bom  homem e uma boa mulher no futuro.



Levar a criança para brincar com as outras é impressindível para a boa conduta dele. Confesso que não sou de ficar na rua e levar meu pequeno tanto na rua, mas ele está no segundo ano de escolinha, tempo integral, então sei que interage bem com os colegas.
Gente, prestem atenção agora: Essas coisas a primeira vista parecem ser banais, mas vcs mesmo podem perceber que, quando no estiverem organizadas e fazendo tudo sem horários, vcs ficarão muito estressadas e consequentemente passaram isso para os bebês, e ainda não terão paciência com eles, então não tirarão as dúvidas deles, nem darão carinho o suficiente e eles crescerão tristes e inseguros. Quanto mais tempo para eles vcs tiverem, mais legal será a formação da conduta deles e é claro, tbm terão que dar bons exemplos, ok...
Nossos filhos se espelham desde a primeira infância na gente. Somos os primeiros exemplos a serem observados e seguidos por eles.
O que tenho de tudo isso que falei até agora para vocês é: Cuide dos seus filhos, Deem bons exemplos, e acima de tudo, deem muito carinho, incentivo e os ajude sempre sem esquecer que eles tbm precisam ser repreendidos quando estiverem errados, Assim, criarão boas pessoas e um futuro melhor.
O NÃO de hoje é o bom homem de amanhã!!
Os filhos são nossas prioridades, mas não podemos morar num lixão e nem comer apenas besteiras para cuidar deles,
Lugar limpo, arrumado, comida bem feitinha e gostosa, companheirismo para com o pequeno, regras, bons exemplos e muito carinho, são essenciais para a boa vivencia dos pequenos e para a formação de bom caráter dele.
Desejo que todas se orgqanizem bem, gostaria colocassem um pouco sobre o dia-a-dia de vocês aqui, para começarmos uma nova e bela amizade...
Felicidades!!
Bjssssssssssssssssss

quinta-feira, 23 de junho de 2016

Bebê Chorando! O Que Fazer?

Mamães, não surtem!!
Seu bebê está chorando? Gritando? Não para de chorar, ou para e volta?
Às vezes não sabemos o que fazer quando nossos bebês choram sem parar, mas precisamos ter calma, respirar fundo e tentar descobrir o que ele tem. Quando ficamos nervosas e simplesmente balançamos o bebê para ver se dorme ou se para de chorar, só fazemos piorar a situação...
Concentre-se e vamos lá.






Tente dar leite para o bebê, pode ser fome.
Ok, já tentou e ele não quer, né?! Então tente água (para bebês que tomam fórmula ou lactentes acima de 6 meses). Se mesmo assim continuar chorando, pode ser que esteja com dor na barriguinha, bebês costumam sentir bastante cólicas. Dê um chá de erva doce. Este é fraquinho e ajuda muito o bebê a melhorar as cólicas.
Olhe para os pés, mãos, embaixo da roupa para ver se não tem nada o machucando. Veja se fez cocô, se o cocô estava duro demais, pois tem crianças que de tão ressecadas, acabam sangrando por machucar o reto na hora de defecar.
Tente fazer o pequeno dormir. Parece mentira, mas eles tbm choram quando estão com sono... 
Observe se está respirando bem e não está irritado com o nariz. Quando o nariz está irritado, a criança não consegue dormir tão facilmente, então choram por ter sono e não conseguir dormir. Aí tem que ter paciência e esquecer da hora, ninando e/ou fazer carinho até pegar no sono.
Se mesmo assim, não parar de forma alguma, tente dar algum brinquedo, ou lembrar se não foi alguma coisa de comer que ele viu, porque tem crianças que ficam até doentes quando querem comer algo ou beber...
Descartado essas possibilidades todas, ele pode estar com dor de garganta ou ouvido. A garganta podemos olhar mas o ouvido, olhamos superficialmente para ver se não tem nenhum objeto inserido (crianças adoram brincar com tudo o que acham, fácil colocar qualquer coisa no ouvido) e apertar com cuidado atrás da orelha na parte de baixo e na frente também. Se doer já está bem forte a inflamação. Se a criança não manifestar qualquer reação à dor, pode ser que não seja isso ou que seja mas não tão inflamado ao ponto de doer ao se apertar. Eis o momento de levá-lo ao médico. Lá será examinado e tudo será resolvido com a medicação que o mesmo passar.
O bebê (criança), que ainda não fala, quer se expressar também e não tem como a não ser pelo choro. E quando já andam, além do choro, se expressam em tudo o que faz durante suas 24 horas por dia...
Um choro pode significar muito mais do que pensamos...
Só ter calma, e tudo se ajeitará.
Depois de tudo resolvido, estaremos novamente brincando com nossos filhos e dando muitas risadas.
O segredo para cuidar bem de um bebê, é ter calma e paciência. Aproveitando cada momento juntos, cada segundo de tudo o que envolve os filhos, pois passa tão rápido... Parece que foi ontem...

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Como Prevenir Assaduras

Boa tarde, 
Hj vamos falar sobre assaduras nos bebês... 
Todos sabemos que os bebês têm a pele muito sensível, sendo assim, todo cuidado é pouco! Muitos se perguntam o que fazer pois mesmo limpando sempre o bumbum e trocando com frequência as fraldas, ainda acontecem "assaduras".
Pois bem... cada bebê tem seu organismo. A pomada q um determinado bebê usa, pode não ser boa para outro bebê. 
Desde o nascimento do bebê, tem uma ótima opção que é a Bepantol Baby. Ela ajuda a prevenir assaduras. 


Ao notar as primeiras assaduras, devemos observar tudo: 


  •               higiene -  verificar se as trocas de fraldas não estão passando de três ou quatro horas (com xixi). Se fizer cocô, a troca de fralda deve ser feita imediatamente. 
                                                                                             

  • banhos -  também deve prestar atenção se não está deixando de dar banho no pequeno, pois quando ainda é novinho, o certo é dar um banho por dia no bebê, a menos que se suje. Não é  uma regra, pois até as regras têm suas excessões. Bebês regurgitam, se sujam todo de cocô, de xixi, etc.
                                                                                             

  • fraldas - Varia de acordo com o organismo do bebê. Tem bebê que se dá bem com todas as fraldas e a mamãe só tem que se preocupar se a fralda vaza ou não. Mas tem bebê que não se dá com qualquer uma. Então, descartada a opção de falta de higiene, troque a fralda que o bebê está usando. O bebê pode ter dermatite e outros tipos de alergias.
Meu filho desde o nascimento usava Bepantol Baby e fralda Turma da Mônica. Usou por meses, depois começou a ter alergias estranhas nos braços e nas pernas, porém, essas, começavam sempre no bumbum e eu achando que era simplesmente assadura. 
Mudei a fralda para Pampers e a pomada para Hipoglós e melhorou bem. Demora mais tempo de uma (até então assadura) para outra.
Uma vez passei meu filho no médico pq estava muito forte (a primeira vez que espalhou para as pernas e braços) e o pediatra disse que era falta de higiene. Debati com ele e o mesmo me disse: _ Então é pq vc passa lencinho em excesso... Tá. Todas essas opções pode ser avaliada, mas se ele viu como estava meu filho, deveria ter usado da sua CRM com veemência e não ter feito tanto descaso. Pois bem, marquei com o Dermatologista que ao pedir exames, disse que era dermatite atópica (alergias que aparecem e desaparecem com um tempo). Normalmente, sai usando corticoide (uso prescrito pelo médico, pois em excesso pode causar problemas).
Bom, essa dermatite dele, demora meses para aparecer e qdo aparece, demora algumas semanas para sair. só sai com uso de alguns remédios, mas sempre ameaça sair, por meio de "assaduras", que, quando não tratadas pioram. 
Para prevenir, ache a pomada certa. no meu caso, Bepantol Baby, a fralda certa, e depois que já se tem uma assadura, pomada Hipoglós (também no meu caso). Lembrando que cada organismo funciona de uma forma diferente a cada pomada, fraldas e outros produtos.
Como eu fiz... Em caso de persistência, procure um médico, Dermatologista ou Alergista. Pode ser problema de pele, alergias a algum produto ou comida, uma simples assadura. 
Espero ter ajudado.
Qualquer dúvidas estarei aqui para esclarecimentos.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Parar de Amamentar

Olá,

Hoje vamos conversar sobre deixar de amamentar nossos pequeninos.



Em primeiro lugar, vou começar dizendo que, mamães, não deixem de amamentar seus filhos antes dos dois anos, pois a amamentação é super importante. Até o sexto mês, não é necessário acrescentar nenhum alimento, isso segundo os médicos, mas nós mamães, acabamos a partir do quarto mês introduzindo alimentos sem deixar de amamentar. No meu caso, passei a dar mamadeira logo no segundo mês dele, juntamente com o peito, porque o meu leite, dava a impressão de não sustentá-lo. Era esfomiado demais.
Meu filho começou a mamar desde algumas horas após o nascimento, e a partir daí... Era a coisa mais linda, pois é o momento mais íntimo entre mãe e filho. Momento em que ocorre olhos nos olhos, e conversamos com o olhar... Sem mais comentários, cada uma de nós só saberá passando por isso,
Bom, com o passar dos meses, o que é tão lindinho, começa a ficar demais, kkkkk, pois é... demais! Começam a sugar direto, sugar com mais frequência, com mais força, sendo assim, nos deixam agoniadas, mas ainda é lindinho e necessário...
Quando chega o nono mês do bebê, nos sentimos cansadas de amamentar, e da uma vontade de desmamar!
Tenham calma! Parece que vai demorar mas passa rápido, vale a pena continuar. Quando chega a um ano... Que lindo! Está virando um homenzinho... mas ainda não está na hora. Parece que foi ontem que nasceu!
Um ano e seis meses, já não é mais tão necessário, mas ainda tem substâncias em nosso leite que ajudam para que nossos babys sejam fortes e saudáveis... Nesta fase foi muito difícil continuar amamentando porque chegou a um ponto em que ele não podia me ver sentada que já vinha pra cima, puxava minha blusa e começava a mamar. Eu sempre o repreendia nesse momento, mas ele já estava bem espertinho, já sabia quando eu estava bem distraída conversando, e aproveitava isso. Quando eu percebia, já estava mamando... Ate que então, eu comecei a toda vez que ele estava se aproximando na intenção de mamar, me retirava do local e já fazia uma mamadeira, ou dava bolacha, fruta, alguma coisa para ele se entreter. Até que tirei o mamá do dia. Ficou mamando só à noite.
Só faltam seis meses...
E de repente... Dois anosssssssssssss!!
Hora de tirar o "mamá" do neném de vez!
Não é fácil, pois aos dois anos, a criança já sabe que o momento de mamar é o momento em que ele se sente mais protegido pela mamãe e o momento que ele mais aproveita o colo da mamãe. Mesmo com todos os alimentos já inclusos, ainda é o preferido pela maioria dos bebês.
Então, não foi fácil tirar o "mamá" do meu filho, pois começou a gritar pelo "mamá", não comia, não queria mamadeira, nada. Só aceitava alguns doces e nessa... a mamãe coruja aqui acabava dando o peito. Com dois anos e um mês, eu pensei: Poxa... se o leite só é necessário até os dois anos, por que eu ainda dou peito para ele?  E, a partir daí, resolvi definitivamente não dar mais peito a ele.
Foram algumas noites sem dormir, pois ele desde nascido, acordava umas quatro vezes à noite para mamar, e desta vez ao invés de dar mamá eu teria que "dançar" a noite toda. Mas então... comecei a pegá-lo no colo e ninar pela casa até dormir de novo e para minha surpresa, ele dormia. O que isso quis dizer? Que ele não acordava com fome, mas sim por mania de acordar mesmo. Mas referente ao sono, vamos deixar para uma próxima conversa.
Isso durou pouco menos de uma semana, e aos poucos foi acordando duas vezes, depois uma vez, e até hoje, às vezes acorda uma vez. Na maioria das vezes acorda só de manhã. Já se passaram alguns meses e ainda sai um pinguinho de colostro quando eu aperto o peito para saber se meu leite já secou, mas isso, dizem que com o tempo para de sair. Mesmo assim tenho consulta com meu ginecologista para saber mais sobre o assunto e/ou tomar algum remédio para acabar logo.

loucinha

дешево
sneakers mens Christian louboutin
Christian Louboutin outlet en ligne
saor christian louboutin
христианские пятки

Lucian Guide for League of Legends

Champion guides for the league of legends champion Lucian. Created and rated by players, search through some of the best builds to increase your game and dominate the field of battle. Players guide you through every step of Lucian creation, modification and play style.

League of Legends guides are sorted by player rating by default but can also be sorted by other criteria such as age or total comments.

Browse other League of Legends Champion Guide.



Lucian Build Guides (Page 1 of 3)
+ Show Filters
lol champion Lucian guide
Vapora's Guide To Lucian By Vapora Dark updated November 13, 2017
FR
Summoner Spell 1 Heal Summoner Spell 2 Flash
141 Votes
6M 171
lol champion Lucian guide
Overall Lucian Guide By Calesh updated November 22, 2017
FR
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Heal
1 Vote
95K 5
lol champion Lucian guide
The Busted Lucian Mid UPDATED (Still yet to be nerfed) By Ebug8215 updated November 27, 2017
FR
Summoner Spell 1 Teleport Summoner Spell 2 Flash
1 Vote
31K
lol champion Lucian guide
In-Depth Lucian GUIDE - ADC [7.8] w/ Matchups By akaSnowy updated April 21, 2017
S7
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Heal
5 Votes
156K
lol champion Lucian guide
- Purifying Perception - Comprehensive Guide On Lucian (S7) By StealthHD updated November 14, 2016
S7
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Heal
41 Votes
2M 28
lol champion Lucian guide
Is that AP Lucian 2017? By Prenora updated June 13, 2017
S7
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Ignite
3 Votes
19K
lol champion Lucian guide
Critical Purifying with Lucian [7.8] By Cafall updated April 22, 2017
S7
Summoner Spell 1 Heal Summoner Spell 2 Flash
1 Vote
29K 1
lol champion Lucian guide
LUCIAN RAMBO BUILD IN SEASON 7 By UserBry updated December 30, 2016
S7
Summoner Spell 1 Heal Summoner Spell 2 Flash
1 Vote
47K
lol champion Lucian guide
Everybody dies,some just need a little help 7.16 By Gibunegg updated August 10, 2017
S7
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Heal
0 Votes
66K 2
lol champion Lucian guide
In depth | Lucian guide | 6.22 (WIP) By Thepig1 updated December 1, 2016
S7
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Heal
0 Votes
20K
lol champion Lucian guide
Project: Alpha - S6 Lucian Guide By Proxxiii updated December 13, 2015
S6
Summoner Spell 1 Heal Summoner Spell 2 Flash
31 Votes
2M 38
lol champion Lucian guide
Drive By Lucian Jungle 4. By Handsome Max updated September 20, 2016
S6
Summoner Spell 1 Smite Summoner Spell 2 Teleport
6 Votes
331K 4
lol champion Lucian guide
Ultimate Season 6 AP Lucian Mid Guide By Stoniel updated May 20, 2016
S6
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Ignite
7 Votes
229K 11
lol champion Lucian guide
Lucian S6 High Elo Build ~ Revamped Purifier~ By LF Cpt Kirk updated January 30, 2016
S6
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Heal
9 Votes
741K 9
lol champion Lucian guide
Surprisingly Viable Jungle Lucian By dankjungleguides updated April 25, 2016
S6
Summoner Spell 1 Smite Summoner Spell 2 Flash
1 Vote
29K 2
lol champion Lucian guide
Lucian : Purifying Bot Lane By GodsofNight updated November 8, 2016
S7
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Heal
10 Votes
170K 7
lol champion Lucian guide
LUCIAN - THE PURIFIER (get out of elo hell) By blakegrifin updated August 22, 2016
S6
Summoner Spell 1 Heal Summoner Spell 2 Flash
0 Votes
5K
lol champion Lucian guide
Lucian TOPLANE - the Tank Slaying Purifier By ImSmiL1n updated May 31, 2016
S6
Summoner Spell 1 Heal Summoner Spell 2 Flash
0 Votes
200K
lol champion Lucian guide
6.2 Bursty Bully Lucian [SEASON 6] By datredphoenix updated February 9, 2016
S6
Summoner Spell 1 Heal Summoner Spell 2 Flash
2 Votes
119K 2
lol champion Lucian guide
Lucian | AD Carry | S5 {OUTDATED} By OhBall updated November 16, 2015
S6
Summoner Spell 1 Flash Summoner Spell 2 Heal
3 Votes
58K 1